Boston


Boston é uma cidade repleta de história e ao mesmo tempo bem moderna. Foi peça fundamental na Revolução Americana, iniciada em 1775. Apesar da característica atual, Boston não deixa de lado o passado e vive intensamente o momento mais marcante de sua trajetória: a Independência dos Estados Unidos.

thumb_IMG_5231_1024

Entre os charmosos prédios de tijolos vermelhos, a rota da Freedom Trail é o caminho para descobrir os lugares dos encontros e batalhas que levaram à assinatura da Declaração de Independência. Você caminhará por onde passaram Benjamin Franklin, Samuel Adams, George Washington e outros “filhos da liberdade”. A luta da cidade ajudou a transformar o que antes eram as Treze Colônias nos atuais Estados Unidos da América. E essa história não está apenas nos museus, ela está na rua por onde passam milhões de turistas todos os anos.

thumb_IMG_5251_1024

O mesmo caminho que levou a cidade à Revolução Americana hoje leva Boston às revoluções científicas e tecnológicas, aos efervescentes movimentos culturais, à gastronomia de alta qualidade, à intensa vida esportiva e ao dia a dia animado de uma cidade universitária. A receptividade dos moradores e os cuidados com os turistas fazem com que todos se sintam rapidamente em casa. Apesar do frio em boa parte do ano, Boston convida a sair à rua e fazer longas caminhadas. Circule pelo centro da cidade, perca-se entre os prédios do Financial District, alugue uma bicicleta para passear pela Harbor Walk e passe muitas horas no elegante bairro de Beacon Hill.

thumb_IMG_5259_1024

Quando ir a Boston

Boston é uma cidade para ser visitada durante o ano todo, porém dois fatores principais alteram muito as características da viagem: o clima e as férias escolares e universitárias. Quem visitar Boston no mês de janeiro certamente terá uma experiência muito diferente de quem estiver lá em setembro. Boston tem as quatros estações do ano muito bem definidas: a primavera é recheada de flores, o verão bem ensolarado, o outono com folhagens vermelhas e o inverno branco da neve.

thumb_IMG_5241_1024

Primavera: é uma estação com temperaturas amenas, porém ela ainda sofre influências do inverno durante algumas semanas antes de se instalar. O mês de março, que marca o início da estação, é o mais chuvoso e a temperatura fica entre -1°C e 7°. Com o passar das semanas o clima se aquece e, no auge da estação das flores, em maio, os termômetros batem 20ºC.

Verão: a estação chega com agradáveis 25°C, muito sol e o tempo convida a piqueniques nos parques, passeios de barco e muita atividade ao ar livre. É o momento que a cidade está mais agitada e cheia de eventos para os visitantes. O auge do calor é no mês de julho, quando os termômetros batem 30°C e a felicidade é geral, já que o clima quente por lá dura bem pouco.

Outono: no mês de setembro os parques ganham tons coloridos que variam entre o amarelo e marrom, passando pelo vermelho e laranja. O festival de cores é encantador e os moradores dizem ser o mais belo outono dos Estados Unidos. É o melhor período para visitar Boston. A cidade, apesar de lotada pelos turistas que registram o lindo espetáculo das folhagens, mostra a vida acadêmica correndo normalmente e o clima é extremamente agradável. Entre setembro e novembro a temperatura máxima cai de 22°C para 11°C e o inverno começa a se mostrar.

Inverno: dezembro traz o inverno e com ele muito frio. A cidade fica mais vazia e os hotéis oferecem boas promoções para atrair os turistas amantes da neve. A temperatura mínima em dezembro é de -2°C. O auge do inverno acontece em janeiro, quando a mínima é de -6°C e a paisagem ganha coloração branca graças à constante neve que cai na cidade.

Dicas

  • Melhor período para viajar: Entre agosto e novembro. No outono, entre setembro e outubro é a época em que a cidade está mais bonita.
  • A língua oficial nos Estados Unidos é o inglês. Em Boston não é tão comum o espanhol, diferentemente de Miami e Nova York. Por isso, prepare-se para treinar o seu inglês por lá!
  • O padrão de voltagem nos Estados Unidos é 110V. A tomada é de dois pinos chatos paralelos. Lembre-se de levar um adaptador, já que o padrão das tomadas brasileiras é diferente.
  • Período mais barato: No inverno, entre dezembro e março. Janeiro o frio é intenso e março o mais chuvoso.
  • Mês mais lotado: Julho, quando a cidade é tomada por famílias que aproveitam as férias escolares.
  • Principal evento: Maratona de Boston, em Abril.
  • O fuso horário oficial de Boston é de +1. No entanto, na maior parte do ano, entre março e novembro, prevalece o “horário de verão”, chamado nos EUA de Daylight Saving Time, ficando +2 horas do Brasil.

UMA DICA É PROVAR O CHEESECAKE ORIGINAL NA CHEESECAKE FACTORY, O MELHOR SEMPRE!

Onde ficar em Boston

A cidade é pequena e as principais atrações estão concentradas em uma área que pode ser tranquilamente percorrida a pé. Caso você não esteja no espírito para longas caminhadas, o transporte público se mostra uma excelente opção e chega a quase todas as atrações. Boston é uma cidade que recebe muitos eventos, convenções, estudantes e turistas. Os hotéis são disputadíssimos e dificilmente apresentam um bom preço.

DCIM100GOPROGOPR1111.

São muitas as regiões bem localizadas para se hospedar. Downtown está entre as preferidas dos visitantes que desejam ficar dentro da área histórica. Próximo ao Boston Common e ao início da Freedom Trail. O Downtown oferece boas oportunidades de compras, restaurantes e está sempre movimentada. Back Bay, vizinho a Downtown, também é uma ótima opção. O bairro é um mix empresarial e residencial. Está próximo a atrações como o Jonh Hancock, a Boston Public Library e o Prudential Center. Todos ao redor da Copley Square. Além disso, é lá que você encontrará uma das melhores ruas para compras e restaurantes na cidade, a Newbury Street. A renovada área portuária Waterfront, é um bom lugar para ficar. O passeio é dos mais belos, assim como a vista. Você estará pertinho de atrações como o Fanneuil Hall e o Quicy Market, acompanhados do New England Aquarium e do Long Warf. O Waterfront é vizinho ao bairro italiano de North End, um maravilhoso reduto gastronômico e passeio imperdível para os amantes da boa mesa.

E quem prefere hospedar-se em bairros residenciais pode tentar um apartamento no elegante bairro de Beacon Hill. Colado ao Boston Common o lugar é bem charmoso e oferece opções de restaurantes mais exclusivos e intimistas. E quem procura bom preço e não faz questão de se hospedar tão próximo às atrações, pode escolher hospedagens em Cambridge. Apesar de ser outra cidade, ela está colada a Boston e funciona mais como um bairro. É lá que estão a Universidade de Harvard e o MIT, o que torna Cambridge um centro jovem e animado.

O que fazer de Boston

Boston é uma mistura de destino clássico e moderno. Ao mesmo tempo que mantém todos as características históricas, ela consegue se apresentar como uma cidade jovem e sempre pronta para mudanças. O turista que chega a Boston será surpreendido pela riqueza histórica, enorme variedade de museus, uma vida acadêmica vibrante, restaurantes deliciosos, belos parques e ótimas oportunidades de compras.

thumb_IMG_5221_1024

VISITAR O MERCADO PÚBLICO DE BOSTON PARA COMER FRUTAS FRESCAS E PRODUTOS LOCAIS, É UM ÓTIMO PROGRAMA PARA PASSAR A TARDE.

thumb_IMG_5218_1024

Com ritmo desacelerado, Boston convida a longas caminhadas. O turismo a pé é tão bem-vindo que se tornou oficial. Criado em 1950, o percurso conhecido como Freedom Trail leva os turistas a 16 marcos históricos. Todos, de alguma maneira, foram importantes para Revolução Americana. O visitante é guiado por uma trilha vermelha no chão que percorre grande parte da cidade. Às vezes a Freedom Trail se apresenta em tijolos, em outros momentos apenas uma pintura no asfalto. O importante é acompanhar os 4km de linha demarcada. Cada parada é identificada com uma insígnia no chão. Impossível se perder e ótimo de se explorar.

DCIM100GOPROGOPR0966.

A história continua sendo contada pelos excelentes museus da cidade. Entre os espaços dedicados às belas artes estão o Museum of Fine Arts, com o segundo maior acervo do país e o Institute of Contemporary Art que, além de apresentar um prédio com arquitetura inovadora, oferece um acervo extremamente atual, revelando novos nomes ao público. Na linha científica, os museus que mais atraem os visitantes são o Museum of Science com acervo interativo e cheio de experiências práticas; MIT Museum e as grandes descobertas tecnológicas; Harvard Museum of Natural History e os fantásticos exemplares da natureza. E se para os adultos não faltam museus, as crianças também não são esquecidas. Assim como o Museum of Science, o Children’s Museum apresenta ciência de uma maneira leve e divertida, sempre envolvendo brincadeiras. Enquanto o New England Aquarium põe as crianças em contato direto com a vida marítima.

Conhecida por ser uma cidade universitária, Boston se destaca também por atrações como a Harvard University e o Massachusetts Institute of Tecnology, os dois localizados na vizinha Cambridge. E com tantos centros de estudo é difícil ignorar que Boston tem a terceira maior biblioteca dos Estados Unidos. O belo prédio da Public Library localizado na Copley Square, é vizinho a outros importantes exemplares arquitetônicos, como a Trinity Church e o John Hancock Tower. Juntos eles dão um belo resumo de como Boston mantém o antigo e o novo lado a lado, em completa harmonia.

thumb_IMG_5309_1024

thumb_GOPR1208_1024

Tão prazeroso quanto sentar em um dia de sol nos gramados da cidade é dar uma volta ao longo do Harbor Walk. Seguindo o percurso do Charles River e do Porto de Boston, a pista apresenta belos cenários aos visitantes. O trecho conhecido como Long Wharf, atrás do Faneuil Hall é repleto de restaurantes e oferece vários passeios de barco. Chegar ao Porto de Boston ao entardecer é emocionante. Já o Skywalk Observatory é localizado no 50° andar do Prudential Center, é um presente para quem gosta de vistas aéreas. O pôr do sol do alto do prédio é belíssimo.

Para aproveitar a boa gastronomia que a cidade oferece, especialmente os frutos do mar. Você encontrará em Boston sofisticados cardápios, com muita ostra, lagosta, camarão e pescados. Também poderá curtir ambientes descolados e charmosos, como na Newbury Street e pratos fartos no bairro italiano de North End.  Mas o lugar mais popular da cidade é o Quincy Market, um lugar com dezenas de quiosques que vendem especialidades locais e de várias partes do mundo a preços muito camaradas.

DCIM100GOPROGOPR0941.

DCIM100GOPROGOPR0943.

Compras em Boston

A cidade de Boston não tem fama de centro de compras nos Estados Unidos, mas também oferece boas opções para compras, como Macy’s, Apple Store, Forever XXI, H&M, Best Buy, e outras marcas muito procuradas pelos brasileiros estão todas lá, ainda que tenha apenas um ou dois exemplares de cada. Os destaques para compras vão para a Newbury Street, com casas charmosas que abrigam lojas, bares, restaurantes e cafés. O passeio é ótimo e as opções de compras também! Além das marcas mais acessíveis, como GAP, Banana Republic, Levis e Zara, também reúne as grandes lojas de alta costura. Na esquina com a Arlington Street é onde começa o desfile das marcas de luxo: Burberry, Chanel, Valentino e outras encantam os fashionistas. Para quem gosta de garimpar, a rua também abriga marcas pequenas e independentes, ótimas para quem prefere modelos exclusivos. Outras opções de compras na região estão na Cambridge Side Galleria na cidade vizinha de Cambridge e pertinho do Science Museum. O shopping tem mais de 120 marcas e certamente elas serão capazes de suprir boa parte das suas compras, a começar pela Apple Store, Macy’s e H&M. As duas últimas também podem ser encontradas na região de Downtown Crossing, onde lojas se espremem entre os prédios históricos da cidade. É dessas regiões cheias de correria e boas oportunidades. Também na linha das lojas de rua, a Harvard Square e o Faneuil Hall Marketplace oferecem opções que fogem das marcas famosas. Bom para quem quer gastar pouco e procura um produto diferente.

DCIM100GOPROGOPR1072.

Se as comprinhas na cidade não forem suficientes e sua mão ainda coçar por um outlet, a melhor opção é o e Wrentham Village, integrante da rede Premium, famosa entre os brasileiros acostumados com compras, esse outlet oferece 170 marcas. Ótimo para quem realmente não quer sair dos EUA sem barganhar alguns descontos. O Wrentham está localizado a 70 km de Boston e para chegar até lá será necessário alugar um carro ou um serviço de shuttle, que tem o custo de US$ 40.

Pontos turísticos de Boston

Siga a estrada de tijolos vermelhos! Boston criou uma rota que segue pelos principais pontos ligados à Independência dos Estados Unidos. É lá, na Freedom Trail, que começa a viagem de cada turista pela história dos Estados Unidos. Às vezes a trilha é de tijolos, em outros momentos a cor é representada apenas por uma faixa de tinta sobre o asfalto. A cada parada, um bloco de metal incrustado no chão, identificado com a marca da trilha, alerta o visitante. O ponto de partida é o Boston Common. Foi lá, no primeiro parque público dos Estados Unidos, que as tropas britânicas (conhecidas como Casacas Vermelhas) montaram acampamentos para começar as batalhas contra a independência das Treze Colônias. O percurso segue por mais 15 pontos, todos ligados à Revolução Americana, que aconteceu entre 1775 e 1783. Para percorrer os 4 km da trilha e visitar os museus é necessário um dia inteiro.

DCIM100GOPROGOPR1036.

Guias vestidos como os personagens da época estão à disposição dos turistas que preferem seguir o percurso com um guia.  Eles contam sobre os locais de encontro entre Benjamin Franklin e Samuel Adams, como aconteceu a decisão de iniciar a Tea Party e detalhes sobre a batalha de Bunker Hill, ponto de partida para que as Treze Colônias vencessem a guerra e se tornassem o que hoje são os Estados Unidos. As paradas da Freedom Trail são:

DCIM100GOPROGOPR0928.

  1. Boston Common
  2. Massachusetts State House
  3. Park Street Church
  4. Granary Burying Ground
  5. King`s Chapel
  6. First Public School/ Estátua do Benjamin Franklin
  7. Old South Meeting House
  8. Old State House Museum
  9. Boston Massacre Monument
  10. Faneuil Hall
  11. Paul Revere House
  12. Old North Church
  13. Copp`s Hill Burying Ground
  14. Bunker Hill Monument
  15. USS Constitution

DCIM100GOPROGOPR0984.

DCIM100GOPROGOPR0994.

Visite também os pontos da Harbor Walk: o Long Wharf, próximo ao Faneuil Hall, e o Fort Point à margem do canal que tem uma das mais belas vistas da skyline de Boston. Nada como um passeio com vista para a baía e para as áreas verdes da cidade. Se preferir ver a cidade mais do alto, suba no Skywalk Observatory. O mirante de 360° fica no 50° andar do Prudential Center e oferece uma bela vista de Boston. Já para quem tem interesse pelo lado acadêmico da cidade, repleta de universidades, uma visita à Harvard é imperdível, assim como ao prédio do Massachusetts Institute of Technology – MIT.

IMG_4956

Não deixe de caminhar entre as belas flores e cenários do Public Garden, a estátua do primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washington, montado sob o cavalo guarda o mais belo jardim de Boston. Aproveite a incrível paisagem que o parque oferece e faça um piquenique à beira do lago, entre as diversas espécies de árvores ou próximo às coloridas tulipas. Outro belo parque é o Arnold Arboretum, mantido pela Harvard University. E se cruzar com os parques de vizinhança, esqueça a correria e se sente em um dos bancos para ver a vida passar.

MEMORIAL FEITO EM HOMENAGEM AOS MORTOS NO HOLOCAUSTO

UMA BOA DICA É ASSISTIR UM JOGO DE BASQUETE DA NBA. OS CELTICS É O TIME DE BOSTON.

Vida noturna de Boston

Diferente do que se pode imaginar de uma cidade universitária, Boston não oferece uma vida noturna agitada. Isso se deve à Blue Law, lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas depois de uma da manhã. Outro fator que limita a circulação de pessoas durante a madrugada é o horário do metrô. Então quer encontrar pessoas nas ruas, um bom happy hour após o trabalho é certo.

Boston está rodeada de Pubs, graças a colonização inglesa que até hoje influencia muito os costumes locais. Eles estão por todas as esquinas, basta escolher um que te agrade e enjoy!

Algumas áreas da cidade oferecem boas concentrações de restaurantes e bares, o que facilita a vida de quem prefere escolher entre muitas opções. Na Newbury Street, os ambientes são ao mesmo tempo descontraídos e refinados. As despretensiosas mesinhas na calçada são montadas para o happy hour e revelam deliciosos cardápios. Já o bairro de North End, conhecido como o bairro italiano de Boston, as ruas estão recheadas de restaurantes, cantinas e cafés italianos. Quem pretende se aventurar em uma noite mais descolada, a indicação é o bairro de Jamaica Plain. Os bares e casas noturnas oferecem boa comida e música ao vivo.

thumb_IMG_5238_1024

 

Share This
Fale com a Laki!