Chicago


IMG_4774

Chicago é considerada como a mais americana de todas as cidades dos Estados Unidosos, a beleza da cidade é incontestável. É a casa do famoso time de basquete chicago Bulls, onde nos anos 90 jogava o fenômeno Michael Jordan, e tornou-se importante potência industrial e ficou marcada pelos prédios mais altos do mundo, erguidos durante sua reconstrução pelos melhores arquitetos internacionais. Seu charme e beleza ganham retoques especiais pelas águas límpidas do grande Lago Michigan e do Chicago River. Chicago é conhecida por viver intensamente a arte, a música e o teatro. Difícil será não se encantar rapidamente pela Windy City.

 

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Clima: O verão é bastante úmido e tem máxima de 29º C. Já o inverno é muito rigoroso, caindo até cerca de 1 metro de neve e com mínima de -10º C.

Fuso Horário: 2 horas a menos que o horário de Brasília.

Idioma: Inglês.

Moeda: Dólar.

IMG_4805

 

O QUE FAZER

Em Chicago, a melhor maneira de conhecer a cidade é a pé. Há muita coisa para fazer e conhecer. Para admirar o mundo animal, o gratuito Lincoln Park Zoo é o mais antigo zoológico do país, fundado em 1868. Tão quanto imperdíveis estão o Shedd Aquarium, situado ao longo do Lago Michigan e repleto de tubarões e golfinhos, e o Planetário Adler.

Se você curte natureza, dois parques merecem uma parada: o Grant Park, dono da maior área verde da cidade em frente ao lago Michigan, e o Millennium Park, decorado por muitas esculturas e equipado com um pavilhão de música ao ar livre e outros espaços de lazer. Ao final desse parque 3 atrações são bastante interessantes para adultos e crianças. A primeira delas é o Field Museum, um museu de história natural muito bonito. Mais adiante está o Shedd Aquarium, que além da ótima estrutura e show de golfinhos, ainda fica coladinho no Lago Michigan e possui uma vista espetacular da cidade. E o Aldler Planetarium, que é uma atração recomendada somente para quem está com crianças..

Um lugar incrível para passar o dia é o píer Navy, um bairro-parque à beira do lago que se tornou ponto turístico com restaurantes, lojas e eventos culturais. É lá que está a famosa roda-gigante. A partir dali, faça um passeio de barco nas águas do Michigan, um jeito diferente de apreciar Chicago.

A principal avenida da cidade é a Michigan Avenue, cercada de prédios modernos, parques e várias lojas como: Apple, Nike, Gap, Banana Republic, Disney. E também enormes galerias grifadas, como: Burbery, Tiffany, Cartier.

A arquitetura dos prédios da cidade é realmente impressionante e você não se cansa de olhar para o alto, é uma mistura de prédios modernos com prédios antigos, que dão um charme a cidade. Chicago é considerada uma das referências da arquitetura americana e uma das primeiras a ter arranha-céus. Suba nos 2 maiores prédios da cidade para vistas bem interessantes. O Sears Towers que é o mais alto e famoso, tem 110 andares e um skywalk para fazer fotos incríveis. O outro é o John Hancock.

Os fãs de esporte não podem deixar de assistir um jogo do famoso time de basquete Chicago Bulls do lendário ex-jogador Michael Jordan. A temporada da NBA vai de outubro a maio.

Chicago ainda é conhecida mundialmente como a terra do Blues e existem centenas de bares típicos espalhados pela cidade. 

 IMG_4771

COMIDA

Depois de tantos passeios, quando a fome chegar, Chicago te presenteará com uma das melhores facetas. A gastronomia local oferece delícias como a Deep Dish Pizza e o Chicago Style Dog. As mesas coletivas estão presentes em grande parte dos ambientes de restaurantes, o que estimula a socialização entre os clientes. Bem próximo a Michigan Ave você encontra o Eataly e a famosa hamburgueria Shake Shack. Chicago também tem muitas churrascarias e restaurantes japoneses.

DCIM100GOPROGOPR0607.

 

COMPRAS

Chicago é um convite a bater perna, seja para ver a belíssima arquitetura ou encarar as muitas lojas que permeiam as ruas. Marcas mundialmente famosas e lojas com produtos locais estão espalhadas por todo o mapa de Chicago. Algumas ruas concentram tantas ofertas de compra que se tornaram grandes shoppings a céu aberto. A região mais conhecida é a Magnificent Mile, marcada por treze quarteirões da Michigan Avenue. O trecho tem mais de 450 lojas: GAP, Burbery, Ralph Lauren, Gucci, Victoria Secrets, entre outras!

Para preços mais baratos, a rua mais popular fica no centro de Chicago, a State Street, especializada em grandes lojas de departamento, como Target, Nordstrom Rack e T.J Maxx, além de uma das maiores Macy’s do mundo.

Chicago também oferece boas oportunidades para quem não resiste aos outlets. O principal deles é o Fashion Outlets, com 130 marcas que oferecem até 75% de desconto todos os dias. O outlet segue o padrão dos shoppings comuns, com ambiente fechado, refinado e climatizado, localizado a apenas 5 minutos do O’Hare Airport. A segunda opção, com 120 lojas, é o Chicago Premium Outlets, uma rede presente por todo país e segue os moldes de shopping ao ar livre. E tem o Gurnee Mills que é o outlet que oferece mais opções de lojas, somando 200 marcas.

IMG_4828

PONTOS TURISTICOS

A história de Chicago é marcada pelo trágico incêndio que quase destruiu a cidade em 1871. O que poderia ser o fim transformou-se no impulso criativo de renovação. A destruição foi o motor para novas produções e criações. Chicago esbanja cultura e arte nas ruas, parece um museu a céu aberto, pois suas praças e esquinas são enfeitadas por cerca de seis mil esculturas – algumas delas gigantescas. A Crown Fountain (Fonte da Realeza), desenhada pelo artista catalão Jaume Piensa no Millenium Park, é um marco de elegância. E a famosa escultura Cloud Gate (conhecida como “O Feijão” fica localizada também no parque, que tem ao seu entorno lindos prédios antigos e modernos. O livre acesso a cultura atraem turistas de todo o mundo

No revitalizado bairro conhecido como The Loop, no centro antigo, o turista se depara com uma grande concentração de teatros, óperas e dança. Já os museus são igualmente de primeira classe. Existem vários deles, como o Art Museum, o Museum of Science & Industry, o Art Institute of Chicago e o Field Museum of Natural History, onde se encontra o melhor fóssil de Tyrannosaurus Rex até hoje descoberto. A arquitetura é especial, possui os mais altos prédios da América: Sears (Willis), John Hancock e Trump Tower.

 

CHICAGO THEATRE: Foi inaugurado, em 1921, em estilo barroco francês. O interior é rico em detalhes e tem uma imponente escadaria – tem inspiração em marcos parisienses, com o Arco do Triunfo e a Ópera de Paris. O Chicago Theatre vai além dos espetáculos. Ele oferece aos turistas a oportunidade de visitar os bastidores e conhecer mais sobre a sua história. Atrás da coxia você verá milhares de autógrafos de grandes artistas.

IMG_4808

THE WILLIS TOWER E SKYDECK: São 412 metros ou 103 andares, você terá uma das mais lindas vistas da cidade. O espaço tem vista panorâmica e todo o salão é rodeado por grandes janelas de vidro, porém não há nenhum ambiente ao ar livre. A estrela do Skydeck é a plataforma de vidro que “sai” do prédio e permite que o turista tenha a sensação de estar voando.

IMG_4263

PALMER HOUSE HILTON: O Palmer House original abriu em 1871 e foi consumido pelo fogo 13 dias mais tarde, no Grande Incêndio de Chicago. Em 1873, este grandioso palácio foi reaberto. O hotel mais antigo do país operando continuamente não fechou as portas desde então. Histórias lendárias de uma época passada são facilmente imaginadas no dramático lobby de estilo Beaux Arts.

ART INSTITUTE OF CHICAGO: com mais 300 mil peças que contam 5000 anos de história através de obras de arte de grandes nomes como: Pierre-Auguste Renoir; Edgar Degas; Vincent van Gogh; Pablo Picasso; Wassily Kandinsky e o americano Grant Wood.

MILLENNIUM PARK: No Millennium Park, um lindo e grande parque verde, que durante o verão tem filmes e shows ao ar livre no incrível Jay Pritzker Pavilion, grandes festivais, o Lurie Garden; a Crown Fontain. E é onde fica a famosa escultura Could Gate, do artista Anish Kapoor, conhecido como o “feijão”.

IMG_4388

GRANT PARK: Possui uma enorme área verde que engloba o Millennium Park, quatro museus (Field Museum, Art Institute of Chicago, Adler Planetarium e Shedd Aquarium), uma extensa marina, um longo trecho da Lakefront Trail, a Buckingham Fountain e várias obras de arte ao ar livre. O parque nasceu junto com a cidade e deste então se moderniza e adapta-se a ela. É um dos lugares preferidos dos moradores e dos turistas.

IMG_4416

ALDER PLANETARIUM: Localizado às margens do Lago Michigan e ao lado do Grant Park, o Adler Planetarium faz parte do complexo cultural conhecido como Museum Campus. A principal atração são as três salas de projeção, onde são exibidos diversos filmes sobre o universo. Os auditórios são equipados com modernos aparelhos que dão ao turista a nítida sensação de estarem inseridos no ambiente espacial e oferece aos visitantes vários ambientes interativos. Você poderá simular uma caminha pela lua, entrar em uma nave espacial e até olhar o espaço em um telescópio de verdade.

SHEDD AQUARIUM: O espaço oferece uma grande variedade de atividades para os visitantes, de filmes 4D a shows aquáticos. São mais de 32 mil animais que compõem o aquário. O espaço central é divido entre diferentes ambientes aquáticos. Amazônia, oceanos, grandes lagos, ilhas e rios de várias partes do mundo ajudam a organizar os aquários onde estão em exposição animais incríveis. Tudo é tão ambientado e extremamente decorado que você se sentirá em cada um dos habitats. Quem quiser ir ainda mais a fundo, poderá comprar um pacote para passar a noite no aquário e viver uma experiência única.

LINCOLN PARK: O parque multiuso engloba o Chicago History Museum, o Peggy Notebaert Nature Museum, Lincoln Park Zoo, o Lincoln Park Conservatory, enormes gramados, quadras de esporte e até praias!

FIELD MUSEUM: o conhecimento é transmitido através da história natural, com incríveis reproduções de seres vivos e até um esqueleto verdadeiro de tiranossauro rex. O dinossauro, que tem nome de Sue, é o mais completo já encontrado no mundo e o queridinho dos moradores de Chicago.

NAVY PIER: O Pier é lindo, cheio de restaurantes, oferece belos passeios de barco pelo Lago Michigan e conta com uma das mais belas vistas da cidade. Ao longo de 1km, oferece atrações para todas as idades e estações do ano. Durante o inverno você poderá curtir a pista de patinação no gelo, enquanto no verão a estrela é o veleiro Tall Ships. O cinema I-Max, o Shakespeare Theatre, o circo e o parque de diversões estão disponíveis durante todo o ano, assim como os restaurantes e lanchonetes.

IMG_4770

IMG_4567

 

THE WATER TOWER: Foi o único prédio público a permanecer de pé depois grande incêndio que destruiu a cidade em 1871. Construído entre 1867 e 1869, o lugar funcionava como distribuidor de água para cidade. O estilo arquitetônico ajuda a lembrar o passado de Chicago. Atualmente funciona o Centro de Atendimento ao Turista e também a City Gallery.

IMG_4767

 

THE JOHN HANCOCK OBSERVATORY E 360 CHICAGO: Localizado no 94º andar de um dos mais famosos prédios da cidade, o John Hancock, o observatório tem uma linda vista para o Lago Michigan e atrai os apaixonados por diferentes paisagens. Com grandes janelas de vidro, que vão do chão ao teto, permitem ampla visão da cidade.

CHICAGO BULLS: O famoso time de basquete Chicago Bulls é uma das grandes paixões da cidade. Liderada pelo Michael Jordan, considerado uma lenda do basquete americano, o clube projetou a cidade para o mundo e virou moda durante a década de 1990. Nesse período, o camisa 23 e sua equipe eternizaram-se com vários recordes e títulos da NBA. Assistir aos jogos dos Bulls no ginásio United Center, com capacidade para 21 mil torcedores é magia pura.

IMG_4320

 

QUANDO IR

Chicago muda completamente de uma estação para outra. Enquanto no verão você poderá mergulhar no Lago Michigan e aproveitar as altas temperaturas para pegar uma praia, no inverno todas as porções de água congelam e a cidade é tomada pela neve.

Verão: de junho a setembro, marca a alta temporada da cidade. A temperatura elevada e as férias escolares atraem os turistas, que lotam a cidade. É um período de festivais ao ar livre e muitas atrações gratuitas.

Outono: de setembro a dezembro. O mais indicado para viajar é setembro, pois a temperatura ainda está elevada e a maioria dos passeios ainda estão funcionando. Novembro é o mês mais frio do outono e a estação se encerra já com cara de inverno, quando a neve começa a atingir a cidade.

Inverno: de dezembro a março, as temperaturas caem muito e são constantemente negativas. O frio é tão intenso que é capaz de congelar o gigantesco Lago Michigan, o vento não ajuda e a sensação térmica fica ainda mais baixa.

Primavera: de março a junho, onde as temperaturas começam a subir, porém a passagem das estações ainda é muito instável e as temperaturas variam muito. A estação é uma das mais chuvosas e a variação térmica em um mesmo dia é das maiores.

Principais festivais e eventos da cidade:

  • Chicago Blues Festival – Junho
  • Chicago Jazz Festival – Agosto
  • Grand Park Music Festival – Junho a agosto
  • Hyde Park Jazz Festival – Setembro
  • Chicago World Music Festival – Setembro
  • Millennium Park Summer Film Series – Julho a Agosto
  • Taste of Chicago – Julho
  • Chicago Gourmet – Julho
  • Maratona de Chicago – Outubro

IMG_4817

 

AONDE FICAR

Chicago é uma das cidades mais caras dos Estados unidos, então, já pode preparar o bolso. As melhores regiões são a Magnificent Mile, região de compras ao longo da Michigan Ave e ponto de partida para passeios como o Navy Pier, os mirantes Skydeck e 360°, o Museum of Contemporary Art, as lojas da Oak Street, além das ótimas opções de restaurantes ao longo do Riverwalk. Além de ser animado e  movimentado. E o Loop, região central perto de atrações como o Millennium Park, o Art Institute of Chicago, a Chicago Architecture Foundation, o Chicago Theatre, o Chicago River e a poucos passos do Lago Michigan.

As duas áreas juntas concentram um incrível conjunto arquitetônico. Andar pelas ruas entre as regiões é um dos melhores passeios de Chicago. Por isso, em qualquer ponto que você estiver próximo a elas estará bem hospedado e bem servido de opções de transporte.

 IMG_4753

TRANSPORTE

O sistema de transporte urbano é extenso e eficiente. Diversas linhas de trem elevado, metrô e ônibus cobrem todos os pontos da cidade. Os canais navegáveis são outro meio de locomoção tanto para lazer quanto para serviço. Mas vale lembrar que o ideal é caminhar pelas lindas ruas da cidade.

Transporte público: A Chicago Transit Authority – CTA  é a empresa responsável pela locomoção de grande parte da população. A cidade conta principalmente com três meios de locomoção: CTA Bus; CTA Train e o Metra. Para os turistas, a maneira mais econômica de circular é adquiri um CTA Pass. O passe permite viagens ilimitadas de acordo com o prazo escolhido. Eles podem ser adquiridos em todas as máquinas encontradas nas estações do trem. Os valores são:

  • CTA Pass 1 dia – US$ 10
  • CTA Pass 3 dias – US$ 20
  • CTA Pass 7 dias – US$ 28
  • CTA Pass 30 dias – US$ 100

CTA Train: são sete linhas, dividas por cores, que partem de diversas regiões periféricas para o centro da cidade: vermelha, azul, verde, marrom, laranja, roxa, rosa. A exceção em relação ao destino final é a linha amarela, que não tem como destino final o centro. São 144 estações que estão bem distribuídas pela cidade, e dificilmente você estará a mais de 4 quarteirões de uma delas. Apenas as linhas azul e vermelha funcionam 24h.

CTA Bus: com um sistema de ônibus simples, eficiente e rápido. Os ônibus são confortáveis, seguros e climatizados. Basta um mapa simples com as rotas para chegar onde você quiser. Basicamente, todos os ônibus andam em linha reta e percorrem as principais ruas e avenidas da cidade.

Metra: os trens fazem a ligação do centro de Chicago com subúrbios mais distantes. Os valores da passagem variam de acordo a distância.

Bicicletas compartilhadas – Divvy: o sistema de empréstimo funciona por meio do cartão de crédito e você pode se cadastrar em qualquer uma das 300 estações de aluguel. Os passes disponíveis são de 24h ou 1 ano (US$ 75). Dentro do período escolhido é permitido fazer viagens ilimitadas de até 30 minutos sem custo adicional. Caso ultrapasse este tempo, o ciclista será taxado de acordo com a tabela a seguir.

  • Passe de 24h – US$ 7
  • 0 a 30 minutos – sem custo adicional
  • 30 a 60 minutos – US$ 2
  • 60 a 90 minutos – US$ 6
  • Cada 30 minutos a mais – US$ 8

Water Táxi: o passe para o dia todo custa a partir de US$ 8 e as viagens individuais a partir de US$ 3. Os trajetos não são muito variados. A graça está mais no passeio do que no meio de locomoção. A principal rota é entre North Avenue e Chinatown.

IMG_4415 

NOITE

A vida noturna em Chicago é bem intensa. Não faltam bons lugares para ouvir e curtir jazz e blues. As boates, por sua vez, atraem muitos jovens. Enquanto os pubs de bairro são mesmo a grande atração boêmia na cidade. Muitos deles preservam o ambiente simples e agradável de taverna.

IMG_4408

  

DICAS

  • O padrão de voltagem em Chicago é 110V. A tomada é de dois pinos chatos paralelos. Caso o seu aparelho tenha tomada no padrão brasileiro, lembre-se de levar um adaptador. Cuidado na hora de ligar os aparelhos na tomada, eles podem ter a voltagem diferente. Verifique sempre antes de ligar qualquer objeto na tomada.
  • Gorjetas são uma prática comum e muito respeitada nos EUA. O valor varia entre 15% e 20% e pode ser deixado na mesa, após o pagamento da conta, preferencialmente em espécie. Caso opte pelo pagamento da gorjeta no cartão, você deverá escrever o valor na nota antes de efetuar o pagamento.
  • O preço da entrada em alguns museus e atrações de Chicago é bem salgado. Por isso vale a pena adquirir o City Pass ou o Go Chicago Card.
  • Nunca viaje para o exterior sem um seguro viagem. Infelizmente, nem tudo em uma viagem é possível de ser previsto.
  • Nenhuma vacina é obrigatória para quem pretende visitar os EUA.
  • Wi-fi é comum por toda a cidade, especialmente nos museus e shoppings.
Share This
Fale com a Laki!