Junho chegou e todos os olhares se voltam para a Rússia, cidade sede da Copa do Mundo de 2018.  A Rússia é uma nação transcontinental cujo território ocupa uma vasta área da Ásia e da Europa. É o maior país do mundo por extensão e faz fronteira com 14 países. É o 9º país por população a ter 142.000.000 habitantes, mas possui uma baixa densidade populacional. A língua oficial do país é o russo, o idioma mais falado da Eurásia.

Tem 2 cidades importantes: a primeira Moscou, que é a maior cidade e é a capital da Rússia, e foi fundada em 1147 por Yuri Dolgoruki. Tem cerca de 12,2 milhões de habitantes na sua área metropolitana, o que a torna a maior da Europa em termos populacionais. Moscou é, além da capital administrativa do país, a capital financeira, educacional e judicial. É um exemplo de um governo centralizado numa capital. Além do poder político, é a cidade onde reside o “centro” da Igreja Ortodoxa Russa. É mundialmente conhecida pelos seus monumentos, como o Kremlin e a Catedral de São Basílio, pela Universidade Estatal de Moscou.

praca-2-1050x599

famous-pedestrian-arbat-street-moscow-russia-may-artists-sell-paintings-to-tourists-market-52513561

gorky-park.-Photo-gazeta.ru_

E São Petersburgo é uma das mais belas cidades do mundo, fundada por  Czar Pedro o Grande em 1703, era apenas uma fortaleza que foi chamada depois Sao Apostle Peter. Aquela nova cidade precisou de só 10 anos para tornar-se uma capital fascinante da Rússia. São Petersburgo é a capital norte da Rússia. É a cidade de noites brancas, fenômeno que acontece no verão, onde escurece à 1 da manhã… conhecida também por Veneza do Norte, com seus inúmeros canais e pontes cortando a cidade.

1200px-Petersburg-square

RUS_stpete_catedralsangue9

CLIMA:

As temperaturas na cidade variam de -3ºC à -10ºC no inverno (ocorrências já registraram -30ºC) e no verão de 15ºC à 22ºC.

 

 

VISTO:

Para o cidadão brasileiro, é necessário um passaporte com validade mínima de seis meses até a data de saída da Rússia. Não é necessário visto para estadias de até 90 dias. Na imigração, podem solicitar a exibição da passagem de volta. Se for ficar por mais de sete dias, é necessário fazer o registro migratório.

MOEDA:

A moeda oficial da Rússia é o Rublo (RUB) (que vem em notas de 10, 50, 100, 200, 1.000 e 5.000 e moedas de 1, 5, 10 e 50 kopeks e 1, 2, 5 e 10 rublos) e é a única aceita para compras. Trocar Real em solo russo é praticamente impossível, então leve Dólar ou Euro.

INTERNET:

Há wi-fi gratuito na maioria dos restaurantes, nas principais ruas do centro de Moscou e todos os trens do metrô e hotéis. Os pacotes de dado oferecidos pelas companhias telefônicas da Rússia são baratos e a qualidade da conexão é ótima nas principais cidades. As principais operadores são a Megafon, MTS e Beeline, com diversas lojas e quiosques espalhados pelos municípios. Para adquirir um chip é necessário apenas apresentar o seu passaporte.

 

 

TRANSPORTE:

Como as distâncias na Rússia são grandes, a maneira mais rápida de se locomover entre cidades é o avião. A principal companhia aérea do país é a Aeroflot, que conta com a subsidiária Rossiya. Outras companhias que operam voos regulares para os mais variados destinos são a S7, Utair, Ural Airlines e Pobeda.

A malha ferroviária da Rússia é uma das melhores do planeta e é possível chegar a qualquer lugar do país. Trens de alta velocidade só entre Moscou e São Petersburgo e Moscou e Nizhny Novgorod.

O transporte público é muito eficiente nas principais cidades russas, incluindo os aeroportos. Linhas de ônibus especiais para os estádios serão criadas durante a Copa do Mundo. Em Moscou e São Petersburgo, os maiores municípios do país, há um excelente sistema de metrô, ônibus e bondes. O horário de funcionamento do metrô é das 5h30 à 1h e vai a praticamente qualquer lugar da cidade, com 206 estações e 339,1 km de extensão.

 

O QUE COMER:

A vodka é um aperitivo padrão nos restaurantes que oferecem pratos variados devido à mistura de etnias encontradas no vasto território russo. Os Russos amam chá, herança da ocupação dos mongóis, que geralmente são acompanhados de pastéis ou blinis (pequenas panquecas feitas com fermento fresco geralmente usados para servir caviar, depois de besuntados com creme de leite fresco). Outro prato importante é o Borche (ou borscht ou borshtch) que é uma sopa feita à base de beterraba e creme de leite. Pode ser servida quente ou fria. O caviar ou o ikroy também são típicos da região devido a sua existência em abundância no Mar Cáspio. E consequentemente os peixes de rio também. Batatas recheadas (Kartoshka) também são bem consumidas. É uma opção mais barata e é vendida muitas vezes em barraquinhas ao redor dos pontos turísticos. Alguns cafés e restaurantes de Moscou impressionam pela gastronomia variada e com especialidades de vários países, você tem um cardápio com opções de pratos locais, pizzas, massas, sanduíches e até sushi. O famoso strogonoff de carne foi criado na Russia, não deixe de provar. E outra dica é experimentar o Pelmeni, uma espécie de ravióli recheado com carne e creme de leite fresco, com molho. O popular Frango a Kiev, peito recheado e muito suculento, também figura entre os destaques da gastronomia local.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *